Notícias

CAAPE Cultural, com cordel de Ariano Suassuna, lota teatro de Santa Isabel

25/08/2017


Tombado pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), o teatro de Santa Isabel, no centro do Recife, ficou lotado na noite do dia 24 de agosto, durante a apresentação da peça “Romeu e Julieta, cordel de Ariano Suassuna”. Inserido no programa CAAPE Cultural, em comemoração ao Mês do Advogado, o espetáculo. Em cena, o ator Aramis Trindade e os músicos Zé da Flauta e Tuca Araújo.

“Ver a casa cheia, com mais de 500 advogados e acompanhantes, é o que nos estimula a trabalhar mais e mais”, destacou o presidente da CAAPE, Bruno Baptista. “Foi um verdadeiro show, onde tudo combinou: o melhor local (o teatro mais bonito do mundo), o melhor autor (Ariano), o melhor ator (Aramis), o melhor tema (o amor) e, sem dúvida, o melhor público”, ressaltou.

Em seu discurso de boas-vindas, Bruno Baptista agradeceu ao presidente da OAB-PE, Ronnie Duarte, pela confiança; ao amigo e secretário geral adjunto da CAAPE, Carlos Barros, pelo apoio na negociação; a Aramis, por aceitar participar do nosso projeto; a Qualicorp, pelo patrocínio; e, principalmente, a cada um dos advogados presentes.

Na plateia, além dos presidentes Bruno Baptista e Ronnie Duarte; estavam o vice-presidente e a tesoureira da OAB-PE, Leonardo Accioly e Sílvia Nogueira; a conselheira federal da OAB por Pernambuco, Adriana Rocha Coutinho; o secretário geral adjunto e tesoureiro da CAAPE, respectivamente, Carlos Barros e Leonardo Moreira; o presidente da Subseccional OAB de Vitória de Santo Antão, Washington Amorim; além de muitos conselheiros seccionais e integrantes de comissões da OAB-PE.

O espetáculo – “Romeu e Julieta, cordel de Ariano Suassuna”, que mistura o erudito com o popular, é dividido em dois atos. No primeiro, um monólogo, Aramis Trindade dá vida e emoção ao poema de 92 sextilhas, sendo acompanhado por flautas, com Zé da Flauta; e uma viola de 12 cordas, com Tuca Araújo).

No segundo ato, o ator “incorpora” Ariano Suassuna III, em miniaula espetáculo sobre a estória de Romeu e Julieta, as diferenças entre a versão de Shakespeare e a de Suassuna e o movimento armorial, entre outros pontos. Ao final da apresentação, ator e músicos foram aplaudidos de pé, numa deferência aos bons espetáculos pernambucanos.

Confira a Galeria de Fotos: Clique aqui.

Leia também: CAAPE promove intensa programação no Mês do Advogado