CAAPE PE

FALE CONOSCO:
81 3223-0902
contato@caape.com.br

A prevenção de doenças está em suas mãos


Usamos as mãos praticamente para tudo que fazemos. Como a nossa pele é um reservatório de diversos microrganismos, as mãos são um veículo eficiente para a transmissão de infecções, bactérias e vírus. Manter as mãos limpas pode evitar uma série de infecções e salvar vidas. Segundo a Organização Mundial da Saúde, é possível reduzir em até 40% a incidência de infecções e doenças, como resfriado, gripe, conjuntivite, erupções na pele, diarreia, hepatite, infecções respiratórias e  o coronavírus. 

Não basta passar rapidamente o sabonete ou espalhar um pouco de álcool gel pelas mãos. Para que você consiga eliminar de forma adequada os germes e bactérias presentes em suas mãos, o processo de higienização deve seguir alguns passos.

 

 

Na impossibilidade de lavar as mãos, o uso do álcool em gel por ser a solução, desde que obedeça o mesmo ritual. 

Ter as mãos limpas é tão importante para a saúde que a OMS destinou uma data - 15 de outubro, Dia Mundial de Lavar as Mãos - dedicada para incentivar a lavagem das mãos e fazer com que esse ato simples faça parte do cotidiano de todos. 

No dia 30 de janeiro, a OMS declarou que o surto de coronavírus é uma emergência de saúde pública de preocupação internacional, por isso é necessário seguir recomendações e protocolos para evitar que a doença se alastre. O coronavírus compõe uma grande família de vírus, sendo uma nova variante denominada 2019-nCoV, que até então não tinha sido identificada em humanos.

Os sintomas do coronavírus são: febre, tosse, falta de ar, podendo levar a casos mais graves como, síndrome respiratória aguda grave, insuficiência renal ou pneumonia. Para reduzir os riscos de infecção pelo coronavírus, além de higienizar bem as mãos, é importante adotar alguns outros cuidados: 

- Ao tossir e espirrar, use um lenço, jogue o tecido fora imediatamente e lave as mãos

- Evite lugares de aglomeração

- Evite ficar em contato próximo a pessoas com febre e tosse

- Procure um serviço médico se apresentar esses sintomas: febre, tosse e dificuldade de respirar.

 

Fonte: Organização Mundial de Saúde e Ministério da Saúde

« VOLTAR